Associação entre preocupação com peso e uso de cigarro entre adolescentes

Por Dra. Mireille Almeida




Cientistas americanos publicaram recentemente um estudo em que avaliaram os dados de uma pesquisa longitudinal com 397 adolescentes entre 11 e 18 anos de idade, investigando a associação entre a preocupação com o peso deles e sua relação com o uso de cigarros.

O IMC médio desses adolescentes no 1º ano do estudo era 20,93 para meninas e 20,99 para meninos. A prevalência de uso de cigarros variou de menos de 1%, entre os que tinham 11 anos, até 34%, entre aqueles com 17 anos de idade. Em relação à preocupação com o peso, nas meninas ele se mostrou baixo aos 11 anos de idade, porém cresceu até 16 anos, quando atingiu seu pico e se manteve estável até os 18 anos. Nos meninos, essa preocupação se apresentou baixa e estável durante toda a adolescência.

Em relação à associação entre a preocupação com o peso e o uso de cigarros, ela não se mostrou significativa entre os meninos, mas sim entre as meninas. Nelas, essa associação positiva, ou seja, a preocupação com o peso aumentou o uso de cigarros, se iniciou aos 11 anos de idade, se tornou mais intensa por volta dos 12,7 anos e reduziu após os 15,9 anos. Vale ressaltar que o Índice de Massa Corporal (IMC) dos participantes aumentou a preocupação com o peso, mas não interferiu na associação dessa preocupação com o uso de cigarros.

Tendo em vista os riscos potenciais desses comportamentos, as informações obtidas nesse estudo são bastante relevantes para o planejamento de intervenções de prevenção, que devem considerar como um dos alvos a serem trabalhados o uso de cigarros como controle de peso entre as meninas, principalmente no início da adolescência.


Fonte: Hochgraf, A. K., Lanza, S. T., Fosco, G. M., & McHale, S. M. (2021). The developmental course of the link between weight concerns and cigarette use across adolescence: Differences by gender. International Journal of Eating Disorders, 1–7. https://doi.org/10.1002/eat.23586