O uso de maconha na adolescência pode levar a depressão e ideação suicida

Estudo investiga a associação entre uso de maconha na adolescência e risco de depressão, ansiedade e suicídio no início da idade adulta.

Além de dados sobre dependência, cientistas têm investigado possíveis associações do uso de drogas com a saúde mental. Neste sentido, um estudo de revisão sistemática buscou analisar, com base nos estudos já realizados, a associação entre uso de maconha por adolescentes e futuro risco de depressão, ansiedade e suicídio. Foram incluídos nessa análise 11 estudos com 23.317 indivíduos no total. Como resultado, foi encontrado que o uso de maconha na adolescência está associado ao aumento do risco de desenvolver depressão e ideias suicidas no início da fase adulta, mesmo não havendo sintomas anteriores ao diagnóstico. Não houve associação com ansiedade. Esses achados são de grande importância para a saúde pública, sendo assim, é necessário que se pense em políticas públicas para prevenção do uso de maconha como estratégia de cuidado com a saúde mental dos adolescentes.


Fonte: Gobbi et al., 2019.

https://jamanetwork.com/journals/jamapsychiatry/article-abstract/2723657

Copyright © 2019. Todos os direitos são reservados ao Núcleo de Pesquisa em Prevenção ao Uso de Álcool e outras drogas (Previna). O conteúdo deste site é protegido pela Lei de direitos autorais (Lei nº 9.610/1998), sendo vedada a sua reprodução, total ou parcial, a partir desta obra, por qualquer meio ou processo eletrônico, digital, ou mecânico (sistemas gráficos, microfílmicos, fotográficos, reprográficos, de fotocópia, fonográficos e de gravação, videográficos) sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais.