O uso solitário de álcool e maconha por adolescentes

Por Larissa F Reis

O uso de álcool e maconha tendem a ser atividades sociais entre os adolescentes. Alguns jovens usam álcool ou maconha enquanto estão sozinhos. A pesquisa examina os fatores de risco e as consequências do uso solitário de álcool e maconha, fundamentada em um modelo motivacional que enfatiza o enfrentamento de emoções negativas. Fornece, ainda, a primeira revisão sistemática de pesquisas sobre o uso de álcool solitário e maconha entre estudantes do ensino médio e adolescentes em idade escolar nos Estados Unidos. No total, foram selecionados 22 artigos. A prevalência de uso solitário de álcool e maconha na adolescência foi relativamente alta, especialmente em subgrupos de alto risco como, por exemplo, em amostra com jovens recrutados em ambiente clínico. Os fatores de risco para o uso solitário de álcool e maconha incluem o início precoce ao consumo e o uso mais pesado das substâncias, baixas estratégias de enfrentamento, emoções negativas e expectativas positivas sobre o uso. O uso solitário de álcool e maconha está associado a sintomas posteriores de transtorno do uso de substâncias, desempenho acadêmico reduzido e percepção de saúde comprometida. Aproximadamente 1 em cada 7 adolescentes nos Estados Unidos parece ter se envolvido em uso solitário de álcool e maconha em algum momento e este comportamento pode ser considerado um preditor de dependência e complicações futuras.


Fonte: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=A+systematic+review+of+research+on+adolescent+solitary+alcohol+and+marijuana+use+in+the+United+States