Equipe

Zila.png

Coordenadora

É Professora Associada Livre-Docente em Epidemiologia do Departamento de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina (EPM), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e coordenadora do Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva nesta mesma instituição. É Editor-in-Chief da Journal of Prevention (Springer). Possui graduação em Farmácia-Bioquímica pela USP, mestrado, doutorado e pós-doutorado pela UNIFESP. Realizou parte de seu doutorado na Universidade Autônoma de Barcelona, em Antropologia Social e Cultural e foi Visiting Post-doctoral Fellow em Epidemiologia na Michigan State University, nos EUA, com cursos de epidemiologia (especialmente análises de dados epidemiológicos) realizados na Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health e Columbia University. Tem sido responsável por auxílios à pesquisa através de diversas fontes de fomento, nas seguintes instituições: FAPESP, CNPq, Ministério da Saúde, Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos e UNODC (ONU), no campo do abuso de álcool e outras drogas por adolescentes e jovens adultos, além da avaliação de efetividade de programas de prevenção ao uso de drogas e violência escolar. É autora de mais de 130 artigos científicos indexados. Assessora ad-hoc de agências de fomento à pesquisa nacionais (FAPESP, CNPq, FAPEMIG, FAPESB e FACEPE) e internacionais (Swiss National Science Foundation). Tem atuado como consultora do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) e da Organização Mundial da Saúde. É membro do Grupo Consultivo Técnico (GCT) sobre políticas álcool da Organização Panamericana de Saúde (OPAS). Foi membro do Comitê de Especialista para revisão das diretrizes internacionais de prevenção ao uso de drogas da UNODC-ONU e do Comitê de Especialistas para diretrizes de prevenção entre profissionais da segurança da mesma insituição. Esteve em missão da OMS na África para redação da Lei Nacional para a regulamentação do Álcool em São Tomé e Príncipe. Idelizou e executou o projeto Balada com Ciência para prevenção do uso de drogas entre jovens. Avaliou a efetividade dos principais programas de prevencão no ao uso de drogas no país. Coordena o Núcleo de Pesquisa em Prevençao ao uso de Droga (Previna) na Unifesp. Além da carreira acadêmica, foi vice-presidente da ONG SAFRATER, focada na educação de crianças e adolescentes em situaçao de vulnerabilidade social em São Paulo, tendo desenvolvido o projeto de extensão PHAVI de habilidades para a vida para adolescentes, com foco na promoção de saúde e prevenção ao uso de drogas

Bianca Roberta Rocha Franciosi

Graduanda de fonoaudiologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Interessada na área de linguagem, educação e processos cognitivos e em como o uso de drogas pode afetar tais áreas. Técnica em administração pela Escola Técnica Estadual (ETEC), com conclusão de curso voltado para área de gestão de pessoas, especificamente as motivações humanas segundo a pirâmide de Abraham Maslow. Atualmente participante da Liga Acadêmica de Saúde Coletiva, de Linguagem e de Filosofia e Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

bianca_edited.jpg

Mariana Guedes de Agostini Sóssio

mari guedes.jpg

Graduada em Ciências Biológicas é Pós-doutoranda em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), PhD em Saúde Pública pela Liverpool John Moores University na Inglaterra (LJMU) e Mestre em Ciências pelo programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC) da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM-UNIFESP). Principal linha de pesquisa com ênfase nos padrões de consumo de bebida alcoólica de adolescentes e jovens adultos no contexto da vida noturna com foco na promoção de saúde e prevenção ao uso de drogas

Júlia Dell Sol Passos Gusmões

Bióloga (UNIFAL) e mestre em Saúde Coletiva (UNIFESP). Estudou o efeito do Programa #Tamojunto na prevenção do bullying praticado por estudantes em escolas brasileiras. Atualmente é doutoranda em Saúde Coletiva da Universidade Federal de São Paulo e sua pesquisa visa a analisar a influência da fidelidade de implementação nos efeitos do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) em escolas da cidade de São Paulo. Bolsista CAPES.

Julia Dell.jpeg
Plens.png

Juliana Augusta Plens de Moura Garcia 

Graduada em Medicina (2010) e especialista em Psiquiatria (Residência médica) pela Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina (UNIFESP - EPM). Atualmente desenvolve pesquisa  sobre saúde mental e  avaliação de resultados de programas de prevenção entre escolares.

Juliana Yurgel Valente

Psicóloga, graduada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), especialista em Dependência Química pela Fundação de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). É mestre em Ciências da Saúde pela UFCSPA e doutora pelo Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva da UNIFESP. Atualmente é pós-doutoranda do Departamento de Psiquiatria (EPM/UNIFESP), e desenvolve pesquisas no campo da prevenção ao uso de drogas com ênfase no papel da parentalidade como fator de proteção e na avaliação de programas de prevenção ao uso de drogas em escolas. Também tem voltado seus estudos para uso de técnicas estatísticas de modelagens de equações estruturais e suas aplicações no campo da prevenção ao uso de drogas. Bolsista FAPESP.

foto_perfil.jpg
Larissa Ferraz.jpg

Larissa Ferraz Reis

Psicóloga (UNIFACS), Mestre em Saúde Coletiva (UNIFESP) e doutora em Saúde Coletiva pelo Departamento de Medicina Preventiva da UNIFESP. Sua tese investigou o comportamento sexual de risco entre adolescentes brasileiros e sua associação com o consumo de drogas e os estilos parentais, a partir de análises secundárias de um ensaio controlado randomizado de avaliação de um programa escolar de prevenção. Realizou doutoramento-sanduíche na Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health com bolsa CAPES de estágio internacional. Especialista em Psicologia Hospitalar pela UNISAOPAULO. Atuou como pesquisadora do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID) em estudos sobre o crack. Possui experiência em psicologia clínica.

Mireille Coêlho de Almeida

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Especialização em Psiquiatria pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (ISCMSP) e Título de Especialista em Psiquiatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).  Psiquiatra do Programa de Atenção aos Transtornos Alimentares (PROATA), do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP/EPM. Mestrado e Doutorado (em andamento) pelo Departamento de Psiquiatria e Psicologia Médica da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/EPM). Membro da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e da Academia Americana para Transtornos Alimentares (Academy for Eating Disorders - AED). Sua pesquisa de doutorado envolve a avalição dos efeitos moderadores de sintomas psiquiátricos no efeito do programa #Tamojunto 2.0 na prevenção do uso de drogas.

Foto_Divulgação_Profissional_edited.jpg
paty (2).jpg

Patrícia Paiva de Oliveira Galvão

Nutricionista, com especialização em Nutrição Clínica pelo Instituto de Metabolismo e Nutrição (Imen) e mestre em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente realiza doutorado em Saúde Coletiva na UNIFESP, tento como principal linha a pesquisa o efeito de programa de prevenção escolar em aspectos da imagem corporal, transtornos alimentares e uso de drogas. Realiza atividades gerenciais de projeto de pesquisa em uma parceria entre o Ministério da Saúde e a UNIFESP.

Pollyanna Fausta Pimentel de Medeiros

Assistente Social (UFPE), Mestrado em Saúde Coletiva (UFPE), Doutorado em Saúde Coletiva (UNIFESP) e Pós-doutoranda em Saúde Coletiva pelo Departamento de Medicina Preventiva da UNIFESP. Docente do Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU) e da Faculdade Esuda e Coordenadora Técnica do Convênio das Residências Terapêuticas do IMIP Gestão Hospitalar. Tem experiência em gestão, avaliação e planejamento no SUS e no SUAS, trabalhando especificamente com a política de saúde mental, álcool e outras drogas. É pesquisadora no campo de prevenção ao uso de drogas em ambiente escolar e universitário.  

foto_siteprevina.jpg

Rodrigo García-Cerde

Licenciado em antropologia social pela Universidade Autônoma do Estado de Morelos, México; Mestre em Saúde Pública e Epidemiologia pelo Instituto Nacional de Saúde Pública do México e atualmente é doutorando em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de São Paulo, participando de programa PAEC-OEA. Trabalhou como professor universitário lecionando em disciplinas de estatística básica, introdução à Antropologia e metodologia qualitativa para alunos de Antropologia Social. Os temas que tem trabalhado como pesquisador são: migração e saúde, discriminação a grupos vulneráveis, HIV, saúde materna, saúde sexual e reprodutiva, sistemas de saúde e, atualmente, prevenção do uso de drogas em adolescentes.

Tania Vilela Pietrobon

Graduada em medicina com residência em psiquiatria na França (Université de Paris Sud), franco-brasileira, revalidação do titulo no Brasil em curso. Mestrado em psicologia (PPSP-Université Paris Descartes), com pesquisa focada na percepção que os professores têm do sofrimento psicológico de alunos em situação de evasão escolar. Doutoranda em Saúde Coletiva (UNIFESP), realizando a avaliação formativa do programa de prevenção ao uso de drogas na adolescência “Famílias Fortes” em sua versão online.

WhatsApp Image 2021-06-16 at 17.49.03.jpeg

Valdemir Ferreira Júnior

Possui licenciatura plena em Ciências Biológicas e bacharelado em Biologia do Organismo pela Universidade Estadual Paulista (UNESP Botucatu), com TCC em "Transtornos Mentais Menores em Estudantes Universitários". É mestre pelo Programa de Pós-graduação em Psiquiatria e Psicologia Médica da EPM/UNIFESP, e desenvolve pesquisas sobre a temática do bullying, uso de drogas e efetividade de programas escolares de prevenção. Possui também experiência em pesquisa na área da Educação, com ênfase em Ensino de Ciências e Cultura Escolar. Bolsista FAPESP.